VELASHAPE-Reducao-de-Celulite

Velashape: o que é e por que fazer esse tratamento


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Ver furinhos na pele ou gordura localizada é algo que incomoda muitas pessoas, apesar de ser um problema muito comum. Não é à toa que existem tantas soluções no mercado para eliminá-lo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cerca de 95% das mulheres após a puberdade já tiveram celulite em alguma parte do corpo.

O tratamento clássico recomendado é mudar a alimentação e praticar atividades físicas. Quem nunca ouviu falar que basta tirar o refrigerante da dieta para ficar com a pele lisinha, né? Mas a realidade é que a celulite pode ser muito difícil de eliminar mesmo com uma rotina de exercícios bem estruturada e uma alimentação regrada.

É aí que entra o Velashape! Esse tratamento é perfeito para quem quer eliminar a celulite, reduzir medidas, ter uma pele mais firme e realçar a forma do corpo. Tudo isso de uma maneira não-invasiva.

Quer saber tudo sobre esse procedimento? Continue lendo este artigo!

O que é o Velashape?

O procedimento combina um mecanismo de sucção a vácuo (endermologia), luz infravermelha, radiofrequência e massagem. O uso conjunto dessas tecnologias contribui para um resultado excelente. A radiofrequência, junto à luz infravermelha, aquece a pele e acelera o metabolismo das células de gordura. Com a massagem e a sucção, o aparelho melhora a circulação da região, ajuda o corpo a eliminar toxinas e aumenta a produção de colágeno.

Por isso, o tratamento é eficaz não só para acabar com a celulite, como também reduzir medidas, combater a gordura localizada e eliminar a flacidez. Quando aliado a prática de exercícios e uma alimentação balanceada, o resultado final é uma pele lisinha e um contorno corporal bem definido.

Mulher em consulta com nutricionista

Para ter sucesso na hora de eliminar a celulite, é recomendado alimentação balanceada e atividades físicas.

Como funciona o tratamento?

Esse procedimento exige a avaliação de um especialista. Esse profissional vai examinar o grau de celulite e tipo da gordura pra propor o tratamento mais adequado. Isso inclui o número de sessões e o intervalo de tempo necessário entre cada uma.

Um aspecto importante dessa avaliação inicial é a classificação da celulite de acordo com a profundidade e quantidade de células de gordura. Geralmente, as áreas tratadas são coxas, flancos, abdômen e glúteos. São necessárias pelo menos 8 sessões para atingir resultados expressivos. Após isso, recomenda-se fazer sessões mensais de manutenção.

Se você está em busca de uma pele lisinha e bem firme, a melhor solução é combinar alguns procedimentos diferentes. Cada tratamento tem um foco e, ao fazê-los ao mesmo tempo, você realça toda a beleza do seu corpo.

Quer saber mais? Então, confira nosso artigo sobre por que combinar o Velashape com o MedContour e o Freeze.


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+