Venus FREEZE flacidez de pele rejuvenescimento facial 2

Tudo o que você precisa saber sobre Freeze


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Quando o assunto é rejuvenescimento, há uma grande variedade de tratamentos. Eles podem ajudar a reduzir aquelas marcas da idade e realçar a sua beleza de diversas formas. Quando surge a flacidez, por exemplo, o Freeze é uma das melhores opções para eliminá-la.

Com um nome que significa “congelar” em inglês, esse procedimento produz justamente um efeito de parar a passagem do tempo e o envelhecimento. O Freeze combina a radiofrequência com pulsos magnéticos para afetar as camadas mais profundas da pele. Além de proporcionar mais firmeza à pele, ele também pode ser um grande aliado para quem deseja combater a celulite.

Quer saber como funciona esse procedimento? Continue a ler o artigo!

Quais são os benefícios do tratamento?

O Freeze é capaz de promover uma renovação da pele de dentro para fora. Isso só é possível porque a radiofrequência estimula a reparação da derme sem danificá-la. Assim, é possível perceber até mesmo uma melhora na textura e na qualidade da pele com o passar das sessões.

O principal benefício é, sem dúvidas, o estímulo produção de colágeno. Essa proteína é essencial para manter a elasticidade da pele, prevenir rugas e reduzir a flacidez, mas passa a ser produzida pelo corpo cada vez menos após os 30 anos. Com o aumento de produção proporcionado pelo Freeze, é possível não só se rejuvenescer, como também manter esse aspecto por muito mais tempo.

Além disso, esse tratamento é totalmente não-invasivo e não possui um período de recuperação. O máximo que pode acontecer é um pouco de vermelhidão e inchaço na região tratada, mas isso passa após pouco tempo. A única recomendação é não usar protetor solar, cremes ou cosméticos durante a primeira hora após o tratamento.

Venus FREEZE (flacidez, celulite e contorno corporal) (3)

Legenda: Um efeito secundário do procedimento é a eliminação de gordura localizada e celulite. Por meio do calor, o tratamento acelera a queima de gorduras pelo corpo.

Como funciona o Freeze?

O Freeze tem como base a tecnologia MP (Multi Polar Magnetic Pulse). A ponteira emite pulsos magnéticos que estimulam a produção de hormônios como o FGF2, responsáveis pelo crescimento dos vasos sanguíneos. Em paralelo, a radiofrequência do aparelho aquece a pele e estimula a produção de colágeno.

Em cada sessão, a região tratada passa por uma limpeza e a aplicação de um gel. O profissional faz movimentos suaves com o aparelho para garantir que a temperatura fique controlada.

Cada sessão dura entre 20 a 40 minutos. A frequência pode variar de acordo com diversos fatores, como a região tratada, os objetivos da cliente e o tipo de corpo. Em geral, são necessárias de 3 a 10 sessões. Após o fim do tratamento, recomenda-se fazer sessões pelo menos uma vez ao ano para manter o resultado.

Há contraindicações?

Por ser um procedimento com radiofrequência, o Freeze é contraindicado nos seguintes casos:

  • Peles com doenças, feridas ou hematomas na área tratada.
  • Pessoas com trombose ou outros problemas de coagulação no sangue.
  • Regiões em que há implantes, como marca-passo ou DIU, tatuagens ou maquiagens definitivas.
  • Diabéticos e pessoas com problemas de tireoide.
  • Pessoas com tumores malignos recentes.
  • Pessoas que vivem com HIV.

Como o Freeze pode ser associado a outros procedimentos?

Como dificilmente um incômodo surge sozinho, geralmente é mais recomendado combinar diferentes tipos de procedimento. A celulite, por exemplo, surge tanto por causa da flacidez quanto por um acúmulo de gordura. Ou seja, é preciso fazer mais de um tratamento para realçar ao máximo a sua beleza.

Como cada tecnologia possui um foco específico, só é possível obter os melhores resultados ao juntá-las. No caso do Freeze, é possível associá-lo a outros tratamentos para flacidez tanto no rosto, quanto no corpo. Frequentemente, ele é realizado em conjunto com o MedContour e o VelaShape.

Quer saber quais resultados podem ser alcançados com essa combinação? Confira o nosso post sobre esse protocolo!


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+