tratamento-estetico-pele-negra

Saiba quais são os tratamentos estéticos mais indicados para a pele negra


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comparada à pele clara, a pele negra tem mais colágeno e envelhece muito mais devagar devido ao alto índice de melanina. No entanto, os cuidados devem ser mantidos para manter a cútis bela e saudável. Com relação aos procedimentos estéticos, ainda existem muitas dúvidas sobre quais são considerados eficazes e indicados para este fototipo.

Cada tecnologia possui uma indicação, por isso entenda melhor sobre cada uma e saiba quais são as mais indicadas para a pele negra.

 

Radiofrequência

Esta tecnologia é considerada não ablativa, ou seja, não causa danos à pele por não ser invasiva. A pele negra, muitas vezes, pelo alto nível de melanina, tem tendência às hipercromias, manchas hiperpigmentadas como o melasma.

Dispositivos de radiofrequência são utilizados com eficácia em pele negra e não causam estas reações adversas. São indicados para o tratamento de várias condições estéticas como rugas e flacidez de pele, bem como no tratamento da celulite e gordura localizada.

Carboxiterapia

Este é um método universal e democrático, pois é indicado para todos os tipos de pele. A carboxiterapia é um método que, através de uma pequena agulha, realiza a infusão subcutânea do gás carbônico (CO²).

Ao injetar o gás, o organismo interpreta a ausência do oxigênio (O²) levando ao aumento da concentração de oxigênio tecidual, estimulando o metabolismo das células e promovendo a melhora da circulação sanguínea. A entrada do gás provoca um processo inflamatório local, que estimula a produção de colágeno e elastina, contribuindo para a melhora do aspecto da pele.

Ultraformer III

O aparelho de ultrassom micro e macrofocado não apresenta contraindicações pelo fototipo da pele, já que sua atuação se dá na membrana que envolve a musculatura, fibras de colágeno e nas células de gordura. O Ultraformer III apresenta excelentes resultados no tratamento do rejuvenescimento (lifting sem cirurgia), flacidez facial e corporal, gordura localizada e celulite.

Microdermoabrasão

Mais conhecido como peeling, este procedimento apresenta uma técnica de esfoliação não invasiva e está dividido em peeling de cristal e diamante.

Este procedimento pode ser recomendado para a pele negra, pois auxilia no tratamento da acne, uma afecção muito frequente neste tipo de pele. Devido à maior predominância de glândulas sebáceas no rosto, a pele fica oleosa e contribui com a maior densidade de bactérias causadoras deste mal.

 

É necessário avaliar o fototipo de pele e a indicação de tratamento para que o resultado e segurança do procedimento não sejam comprometidos.

Gostou das nossas dicas?

Para conversar com uma de nossas consultoras sobre os tratamentos acima ou conhecer outros, marque uma avaliação gratuita na Fina Forma mais próxima de você!

 


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+