Mulher se olhando no espelho.

Inchaço no rosto: conheça causas e tratamentos


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Quem nunca acordou com inchaço no rosto depois de uma longa noite de sono? Geralmente, essa sensação desaparece depois de algumas horas. No entanto, quando isso não acontece, pode causar muito desconforto e ser um sinal de preocupação.

As causas do inchaço vão desde a alimentação até infecções e desequilíbrios hormonais. Por isso, é preciso ter atenção para identificar quando o inchaço aparece e se ele vem acompanhado de outras sensações. Assim, é possível avaliar se é uma condição corriqueira, que pode ser resolvida de forma caseira, ou se um profissional deve ser consultado.

Acompanhe o post para entender o que está por trás do inchaço no rosto e como resolvê-lo!

Causas do inchaço no rosto

Também conhecido como edema facial, o inchaço no rosto é causado principalmente pela retenção de líquidos. Ele é muito comum pela manhã porque, durante o sono, os fluídos se redistribuem ao longo do corpo.

Enquanto durante o dia os líquidos que percorrem entre as células tendem a fluir para os pés por causa da gravidade, durante a noite ele se acumula nas extremidades. A baixa atividade do sistema linfático durante o sono também contribui para que a linfa (um líquido com diversos nutrientes) se acumule no rosto, além de áreas como os pés e as mãos. Por isso, é comum que algum tempo depois de acordar o inchaço desapareça gradualmente.

Outro fator que influencia é o abuso de comidas que fazem o corpo reter líquido. O excesso de sal, gorduras ou álcool causam um desequilíbrio no corpo, que pode gerar inchaço não só no rosto. Além disso, oscilações hormonais, principalmente na gravidez, podem causar edemas faciais. Por fim, algumas lesões, cirurgias e procedimentos podem causar inchaço durante o período de recuperação.

Porém, caso o problema não desapareça ou haja muito incômodo, atente-se a alguns sinais de alerta.

Vermelhidão na pele ou nos olhos

Quando o inchaço vem acompanhado de vermelhidão, pode ser um sinal de que há alguma inflamação no seu rosto. Por exemplo, alguns casos de conjuntivite deixam a região ao redor dos olhos inchada.

Também é comum que o inchaço com vermelhidão esteja relacionado a reações alérgicas ou efeitos colaterais de remédios. Nessas situações, outro sintoma recorrente é a coceira. Elas podem ser causadas por remédios, cosméticos ou alimentos. Nesses casos, vale a pena visitar um médico especializado em alergias e rever produtos usados recentemente para identificar a causa.

Mulher com reação alérgica: inchaço no rosto, vermelhidão e coceira.

Legenda: Picadas de inseto no rosto também podem causar inchaço, vermelhidão e coceira.

Nariz entupido

Quando o nariz fica congestionado, os seios da face podem ficar inchados. Isso geralmente acontece com quem está com rinite ou sinusite. Para resolver o problema, o melhor a se fazer é procurar um médico especializado e tratar a doença.

Dores no rosto

Dores acompanhadas de edemas faciais podem ser um sinal de infecções que precisam de cuidados médicos. É comum que o rosto inche rapidamente nesses casos. Um exemplo são os abcessos dentários, em que uma bactéria infecta a gengiva.

Como tratar o edema facial

Para além dos casos especiais que listamos acima, o inchaço pode ser tratado com algumas mudanças simples nos seus hábitos. Um dos principais cuidados é ter uma alimentação equilibrada e beber bastante água. Uma dieta balanceada, sem excesso de álcool ou sal, é essencial para reduzir a retenção de líquido pelo corpo.

Além disso, mudar a sua posição na hora de dormir pode ajudar bastante, porque os edemas acontecem mais com quem dorme de bruços. Outra maneira de reduzir o acúmulo de líquido no rosto pelas manhãs é usar um travesseiro mais alto.

Você também pode experimentar fazer uma rotina de skin care antes de se arrumar. Lavar o rosto com água gelada e massageá-lo suavemente faz com que o inchaço se desfaça mais rápido. Da mesma forma, compressas com gelo ou chá de camomila podem ajudar diminuir o incômodo.

Porém, se você quer desinchar o rosto de vez, o melhor que você pode fazer é uma drenagem linfática facial! O procedimento ajuda não só a diminuir a retenção de líquido, como também reduz as linhas de expressão e relaxa os músculos. Esse tratamento também é indicado para gestantes e pessoas que estão se recuperando de cirurgias. Quer saber mais? Confira o nosso post sobre drenagem linfática.


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+