Como tratar o melasma

A batalha contra o melasma: protocolos que te ajudarão a vencê-la


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Quem tem melasma sabe que tentar lidar com as manchinhas na pele é uma grande luta. Antes de começar a falar mais sobre elas e também os tratamentos disponíveis, é importante deixar claro uma coisa: o melasma não tem cura. No entanto, isso não deve servir para te desanimar, já que ele pode ser tratado e controlado com novas tecnologias.

A Fina Forma possui protocolos exclusivos que têm deixado as clientes muito satisfeitas. Neste artigo te falaremos mais sobre os procedimentos e também acerca do próprio melasma.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE MELASMA

O QUE É?

Basicamente, o melasma é uma mancha marrom. Ele surge no rosto, nas têmporas e também na testa. Dito isso, se uma mancha com essas características surgiu em outra parte do seu corpo, procure um dermatologista para avaliar.

QUEM SOFRE COM ISSO?

O melasma é muito mais comum em mulheres do que em homens. Mesmo que neles seja uma condição rara, os rapazes não estão 100% livres de sua ocorrência. Ele acontece mais frequentemente em mulheres porque as manchas podem surgir durante o período da gravidez, menopausa e até mesmo como reação a alguns anticoncepcionais. Além disso, a exposição ao sol também ajuda no aparecimento das manchas.

TRATAMENTO DE MELASMA

Como dissemos, o melasma não tem cura, mas há diversos tratamentos que ajudam a tratá-lo.

Antes de tudo, é necessário fazer uma avaliação estética para saber o seu caso. Muitos fatores podem influenciar no momento de sugerir um tratamento específico. Alguns deles são:

  • a quantidade de manchas que você possui;
  • como é a sua pele, se é mais sensível ou não;
  • o tipo do melasma, se epidérmico, dérmico ou misto.

Feito isso, a consultora irá te recomendar o melhor tratamento. Ele pode envolver peelings, clareamento ou aplicação intradérmica de ativos (drug delivery). A filosofia da Fina Forma é a de que cada corpo merece um cuidado específico. Por isso em nossas avaliações, buscaremos sempre pensar em um de nossos protocolos exclusivos para o seu caso. O comprometimento da paciente juntamente com a associação de procedimentos é o que garante o sucesso do tratamento.

No caso do melasma, é extremamente indispensável o uso de fotoprotetores. O protetor solar protege contra os raios UVA e UVB, além luzes de computadores, smartphones e televisores. Sempre preste muita atenção e siga as recomendações que receber antes, durante e após o tratamento.

O objetivo final de todo tratamento é que a melanina que se formou e virou a mancha seja retirada, além de prevenir que novas formações de melanina retornem e criem melasma outra vez no seu rosto.

O gerenciamento da pele acompanhado de um drug delivery bem estruturado resume bem como devem ser feitos esses tratamentos.

 

Você sabia que o melasma se trata com vários procedimentos? Se tiver dúvidas, deixe um comentário que iremos te responder ou então marque uma avaliação estética gratuita em uma de nossas unidades.

Acompanhe nosso trabalho também no Facebook e no Instagram.


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+