Mulher adulta cuidando da pele para melhorar a autoestima.

Como melhorar a sua autoestima cuidando de si mesma


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Quem nunca acordou um dia se sentindo mal? Ou passou por períodos em que não se sentia bonita, segura ou motivada? Isso é natural, afinal, nem sempre é possível se sentir bem. No entanto, se isso se torna recorrente, pode ser um sinal de baixa autoestima.

Quando isso acontece, pode parecer que é um problema só seu. Mas, na verdade, a maioria das mulheres tem dificuldade de se sentirem bem consigo mesmas.

De acordo com um estudo da Dove, apenas 4% das mulheres no mundo se consideram bonitas. Porém, não é só uma questão de aparência: 71% das mulheres afirmam se sentir pressionadas a não cometer erros ou demonstrar fraquezas.

O caminho em direção a uma boa autoestima é marcado por repensar a sua relação consigo e praticar o autocuidado. Assim, você pode ser mais feliz, se sentir linda e realizada. Quer saber como fazer isso? Continue lendo este artigo!

O que é autoestima?

Antes de mais nada, é importante esclarecer que autoestima é a forma como vemos nós mesmas.

Ter uma alta autoestima vai muito além de se sentir bela: significa se amar e se respeitar. Tem a ver tanto com aceitar os seus erros e defeitos, quanto com conhecer bem as suas qualidades. Isso garante que você tenha muito mais facilidade para lidar com períodos difíceis e aproveite os bons momentos com muito mais intensidade.

Para que seja possível, é necessário ter também autoconfiança e autoconhecimento. Confira como cada esses dois aspectos contribuem para a sua autoestima.

Autoconfiança

Resumidamente, ter autoconfiança é sentir segura sobre as suas decisões. Isso ajuda a lidar com incertezas e arrependimentos. Quando você é autoconfiante, não precisa depender da opinião de outras pessoas. Só assim é possível ser livre e autêntica de verdade.

Autoconhecimento

Conhecer a si mesma é ter clareza de como ou por que você toma determinadas decisões. Isso significa se perguntar como as situações do seu dia a dia afetam as suas emoções, procurar saber do que você gosta ou não e por quê.

Assim como a autoconfiança, o autoconhecimento te liberta das expectativas das outras pessoas. Ele ajuda você a filtrar elogios ou críticas e a perceber tudo que é realmente importante para você se sentir feliz.

Vale lembrar que nada disso acontece do dia para a noite. Construir uma boa autoestima é uma jornada para a vida toda, em que você deve cultivar o hábito de cuidar de si mesma sempre.

Mulher adulta sentada na sala de estar tocando ukelele

Legenda: Praticar hobbies é um excelente meio de aumentar sua autoestima.

Como cuidar de si mesma pode elevar a autoestima?

Até agora, falamos muito sobre como a forma como pensamos afeta a visão que temos de nós mesmas. O autocuidado é a parte prática de melhorar a sua autoestima.

Uma vez que você sabe quais são as suas necessidades, é possível tomar decisões de forma autônoma para mudar isso. Por exemplo, se algo no seu corpo sempre te incomodou, por que não se permitir fazer algo para mudar?

Uma das formas básicas de autocuidado é adotar hábitos mais saudáveis. Ter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios são atividades que ajudam você a se sentir melhor, com diversos benefícios psicológicos e físicos.

Já cuidados estéticos, como praticar skin care, usar maquiagem ou fazer procedimentos estéticos, são ótimas formas de se conectar consigo e realçar a sua beleza. O importante é cultivar hábitos que façam você se sentir bem e realizada.

Gostou das nossas dicas do post de hoje? Compartilhe-o nas suas redes sociais e ajude a espalhar esses cuidados!


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+